NOTÍCIAS

A penteadeira está em alta. Aposte na peça!

Pode ser um móvel da vovó resgatado ou um projeto de marcenaria sob medida. Não importa o estilo, a penteadeira está em alta, seja para embelezar as mulheres ou para assumir outra função, como escrivaninha e aparador. Veja ideias para apostar na peça


A cama e a penteadeira antigas foram reformadas pelo Ateliando. Repaginado com laca azul-turquesa, o móvel guarda, além de cosméticos, objetos pessoais da moradora Camila Salek e foto de suas filhas. É um ponto de cor no quarto neutro
Lufe Gomes/Casa e Jardim


A penteadeira antiga ganhou pintura em laca, ideia da arquiteta Karina Nehemi Fontana. A peça fica ao lado de caixas coloridas para sapatos. Embaixo da banqueta, usada para experimentar os pares, é o canto preferido do golden retriever Nicola
Marcelo Magnani/Casa e Jardim


O quarto de brinquedos de Mariana, 7 anos, e Betina, 6 meses, imita um banheiro. Muita coisa ali é fantasia, como o chuveiro pintado na parede, mas a penteadeira rosa é de verdade. Em vez de se arrumar, ali as meninas brincam
Marcelo Magnani/Casa e Jardim


No quarto projetado pela arquiteta Fernanda Neiva, a parede verde ganha movimento com a cabeceira e a roupa de cama estampadas. A penteadeira de madeira completa o clima. Ao lado dela, ganchos organizam roupas e acessórios
Lufe Gomes/Casa e Jardim


Para Marina, 13 anos, a arquiteta Andrea Murao fez uma cabeceira estofada, com cama e penteadeira. O móvel não tem pés para a movimentação da bicama. No lado oposto, fica a escrivaninha. “Achei importante separar a maquiagem da mesa de estudos”, diz
Victor Affaro/Casa e Jardim


Garimpada em brechó pela decoradora Neza Cesar, a penteadeira de estilo francês ganhou nova roupagem. Laqueada de verde-escuro, tom das estantes das bibliotecas inglesas, serve de escrivaninha. “A moradora apoia o notebook e organiza as contas”, diz
Patricia Cardoso/Casa e Jardim


No quarto de Bertha, 8 anos, filha do designer Marcelo Rosenbaum, a memória familiar está nos móveis, todos repaginados. A penteadeira lilás era da bisavó da menina, avó de Rosenbaum
Lufe Gomes e Marcelo Magnani/Casa e Jardim


Exemplo de deslocamento, a penteadeira, em vez de estar no quarto, aparece no hall de entrada – um local inusitado, segundo o morador Felipe Morozini
Maíra Acayaba/Casa e Jardim


No banheiro das filhas, a arquiteta Valéria Blay instalou lâmpadas na moldura do espelho, para ficar igual a um camarim
Edu Castello/Casa e Jardim


A penteadeira, o pendente e o papel de parede de Marcelo Rosenbaum foram feitos um para o outro. As banquetas de plástico do designer italiano Gamper Martino dão um toque vibrante ao cenário azul. Projeto do arquiteto Maurício Arruda
Marcelo Magnani/Casa e Jardim


A decoradora Neza Cesar pintou a penteadeira antiga com spray dourado e a transformou em aparador
Edu Castello/Casa e Jardim


No hall de entrada, a bela penteadeira dá o impacto inicial. A peça, de personalidade, é assinada por John Reeves. Miró, um presente da mão da moradora Renata Leoni, habita a parede espelhada
Victor Affaro/Casa e Jardim


Com jeito de móvel da vovó, a penteadeira exibe perfumes e pincéis de maquiagem. O gancho de parede organiza os acessórios. Projeto da designer de interiores Renata Parasmo
Marcelo Magnani/Casa e Jardim


A penteadeira é formada pela maleta profissional de maquiagem, comprada no bairro da Liberdade, em São Paulo, pela estilista Adriana Barra. No fundo da bancada, fica um painel para fotos e papéis
Lufe Gomes/Casa e Jardim

Fonte: Casa e Jardim

VOLTAR PARA NOTÍCIAS

CENTRAL DE VENDAS

CONVERSE CONOSCO NO CHAT ONLINE
OU POR TELEFONE: 51 3476-1403
WHATSAPP: (51) 9314-4853