NOTÍCIAS

Geladeira: um guia para organizar e conservar os alimentos


Os cuidados com a conservação dos alimentos não podem ficar somente por conta do supermercado. O armazenamento correto na geladeira de casa é fundamental para que os produtos apresentem mais durabilidade e menos risco de contaminação.

A nutricionista Simone Bach explica que, além de conhecer o local apropriado para cada tipo de alimento, é preciso ter atenção com a temperatura do equipamento, o pote ideal para guardar as sobras de refeição e o que fazer quando a luz acaba.

— As medidas são fundamentais para evitar a contaminação, já que os alimentos requerem temperaturas diferentes — afirma Simone.

Com a ajuda da nutricionista, foi elaborado um guia para você entender como uma geladeira deve ser organizada e como medidas simples podem colaborar com a segurança e a saúde da família. Confira:

DEIXE FRIO

A temperatura ideal para a geladeira é de, no máximo, 5°C. Para não dificultar a circulação do ar frio, recomenda-se evitar que a geladeira fique muito cheia. Além disso, ela deve ser aberta apenas quando necessário – e pelo menor tempo possível.

É importante lembrar que há diferença entre o congelador (compartimento superior de geladeiras com uma porta) e o freezer (de geladeiras com duas portas). Os congeladores darão menos durabilidade aos alimentos do que o freezer, por apresentarem temperaturas mais altas, em torno de -5°C. A temperatura recomendada para freezer é de -15°C.

QUAL POTE?

Plástico: além de conservar os alimentos por menos tempo, esse tipo de pote libera toxinas quando entra em contato com a comida.

Vidro: tem maior poder de conservação e não causa malefícios à saúde. Os alimentos enlatados, após serem abertos, também devem ser transferidos para um pote de vidro.

Sem tampa: abrir mão da tampa aumenta o risco de contaminação, diminui a conservação e também pode levar ao mau cheiro na geladeira.

ONDE COLOCAR?

As prateleiras superiores devem ser reservadas para alimentos preparados e prontos para consumo, que precisam ser armazenados em potes de vidro por até cinco dias.

Produtos semiprontos devem ficar nas prateleiras intermediárias, e os alimentos crus, nas inferiores. A caixa da geladeira é o lugar recomendado para o armazenamento de legumes, verduras e da maioria das frutas, pois esses alimentos são sensíveis a temperaturas muito baixas.

ATENÇÃO PARA ELES

Ovos: devem ser armazenados na geladeira, em embalagens próprias, de preferência fechadas e longe de alimentos com forte odor.

Leite e iogurte: o recomendado é mantê-los longe de carnes, temperos e outros alimentos que possam transmitir odor ou sabor.

Queijo: o armazenamento desse produto depende muito das orientações do fabricante. Quando for temperatura ambiente, deve ser enrolado em um papel filme e deixado em local fresco, seco e ventilado. Sob refrigeração, para evitar que fique seco e duro, guarde em um pote de vidro na parte superior da geladeira.

SEM CHEIRO RUIM

O mau cheiro costuma ser causado por alimentos contaminados ou estragados. Isso ocorre por armazenamento inadequado de restos de alimentos ou por mantê-los na geladeira quando já estão vencidos. A falta de limpeza também pode ocasionar odor ruim.

ACABOU A LUZ!

O tempo máximo de conservação dos alimentos em uma geladeira fechada sem energia elétrica é de quatro horas e, em um freezer, de 24 horas. Passado esse período, o ideal é adquirir gelo para manter baixa a temperatura da geladeira ou transferir os alimentos com maior risco de contaminação – laticínio e carnes – para um isopor com gelo. Se os alimentos que estavam no freezer apresentarem sinais de descongelamento, eles devem ser imediatamente cozidos.

HORA DA LIMPEZA

A limpeza da geladeira deve ser feita com um pano macio ou esponja, água e detergente neutro. Álcool e produtos com fragrância podem contaminar os alimentos e danificar o eletrodoméstico.

A higienização é fundamental para preservar os alimentos e evitar a contaminação. A frequência da limpeza depende, principalmente, da quantidade de pessoas que a usam: quem mora sozinho pode fazer limpar uma vez por mês, enquanto famílias maiores devem realizar o processo a cada 15 dias.

PARA CONGELAR

O ideal é esperar que o alimento esteja frio antes de congelar. Colocar produtos quentes no freezer ou na geladeira altera a temperatura interna do equipamento e aumenta o consumo de energia. O descongelamento deve ser gradual, colocando o alimento na geladeira horas antes do consumo para evitar o risco de contaminação. O alimento que já foi descongelado uma vez não deve ser levado ao freezer novamente.

Fonte: Zero Hora

VOLTAR PARA NOTÍCIAS

CENTRAL DE VENDAS

CONVERSE CONOSCO NO CHAT ONLINE
OU POR TELEFONE: 51 3476-1403
WHATSAPP: (51) 9314-4853