NOTÍCIAS

Ladrilhos: inspirações e dicas de manutenção

Totalmente artesanais, as peças de cimento encantam pelo colorido de seus desenhos e conseguem transformar os ambientes. Veja, a seguir, ideias de aplicação:

Beleza na varanda

Quando quatro peças dos ladrilhos hidráulicos do tipo florão se juntam, formam um lindo desenho com proporções generosas. Por ser um pouco maior que os tradicionais, este modelo é mais indicado para ambientes amplos, como esta varanda projetada pela arquiteta Selma de Sá Moreira com ladrilhos da Ladrilar.

3 x concreto

Fã do concreto, a arquiteta Gabriela Marques resolveu usá-lo de três maneiras no lavabo do seu apartamento: na construção da bancada, no acabamento de uma das paredes e na forma de ladrilho hidráulico. O modelo, com triângulos brancos e azuis, é da Vianarte.

Vintage e atual

O designer Marcelo Rosenbaum escolheu o ladrilho modelo Estrela, da Brasil Imperial, para cobrir boa parte do piso do living, do lavabo e até a parede da cozinha deste apartamento. Embora tenha uma aura vintage, a estampa geométrica deixa a decoração moderna e unifica os ambientes.

Igual, mas diferente

Usar poucos materiais na reforma de sua casa foi uma premissa da arquiteta e paisagista Daniela Ruiz. Os mesmos ladrilhos hidráulicos da Ladrilar que revestem parte do andar inferior foram usados no piso do banheiro, porém em tons diferentes. Um dos charmes do ladrilho é justamente esse: uma simples mudança de cores é capaz de dar cara nova às peças.

Tom sobre tom

A combinação de concreto aparente e piso de ladrilhos hidráulicos da Dalle Piagge deu um ar industrial a este apartamento, projetado pelo arquiteto Gustavo Calazans. O revestimento, com desenho geométrico, tem tom parecido com o laranja queimado usado nos armários de laca fosca, executados pela marcenaria Spada.

Marcas no décor

O designer de interiores Gabriel Valdivieso demoliu algumas paredes para aumentar o living e trazer mais luz natural para o ambiente, mas as vigas de concreto aparente e os diferentes pisos mantêm viva a antiga configuração da planta. A área da cozinha e a da sala de jantar receberam ladrilhos hidráulicos com desenho orgânico, da Brasil Imperial, que vão de encontro ao piso de tacos da área de estar.

Delicadeza no banheiro

Para agradar uma adolescente, a arquiteta Adriana Yazbek criou uma mistura de estampas e cores intensas que deixou este banheiro esbanjando personalidade. Os ladrilhos hidráulicos modelo Tulipa, em tons de verde e roxo, da Dalle Piagge revestem a caixa de concreto que serve de bancada. Em vez do tradicional azulejo, as paredes foram revestidas de cimento queimado em tom verde-cana do piso até a altura do boxe.

Parece casa

Para deixar a varanda mais acolhedora, o arquiteto Leo Romano substituiu o piso frio de porcelanato por ladrilhos hidráulicos da Goiarte, com desenho que imita o calçadão da praia de Copacabana. Recheada de plantas, a varanda ganhou ar de quintal de casa.

Com sotaque americano

As tradicionais lanchonetes americanas dos anos 1950 serviram de inspiração para o projeto desta cozinha, assinado pelo escritório Wolff + Fujinaka Arquitetos. A coifa aparente, os acabamentos de aço inox, o banco estofado e o ladrilho, da Dalle Piagge, reforçam o clima retrô.

Mix de estilos

A moradora queria uma casa com atmosfera vintage; já seu marido é tecnológico e prefere peças industriais. Para agradar os dois e misturar um pouco os estilos, o designer de interiores Marcel Steiner optou por revestir o piso do living e o da cozinha com ladrilho hidráulico modelo Margarida da Vianarte.

CARTILHA DE BOM USO DOS LADRILHOS

Aplique duas demãos de resina, com intervalos de oito horas entre cada uma, antes do assentamento, para evitar que as peças fiquem sujas por respingos de argamassa. “Contrate uma mão de obra caprichosa, porque é preciso ter experiência na hora de assentar as peças”, afirma o designer de interiores Marcel Steiner.

Os ladrilhos hidráulicos são instalados com junta seca e calafetados com rejunte. Dois ou três dias após a colocação, aplica-se mais uma camada de resina acrílica para impermeabilizá-los e protegê-los contra manchas.

Para limpeza, use sempre água e sabão neutro. Aplique cera líquida incolor a cada quinze dias para dar brilho e preservar a resina. Esta, no entanto, deve ser reaplicada a cada dois anos. Por ser muito poroso, nunca use cândida, produtos químicos ou derivados na limpeza.

“O ladrilho acaba dando mais manutenção do que outros revestimentos, mas o efeito é incrível, deixa a casa aconchegante. A parte mais legal é a personalização, um nunca fica igual ao outro e existem mil opções de desenhos e cores”, conta a arquiteta Adriana Yazbek.

“Além de lindos, os ladrilhos têmuma ótima opção custo-benefício. Os modelos lisos custam por volta de R$ 70 o m². Já os modelos estampados variam, em média, de R$ 120 a R$ 170 o m²”, diz Marcel.

Fonte: Revista Casa e Jardim

CENTRAL DE VENDAS

CONVERSE CONOSCO NO CHAT ONLINE
OU POR TELEFONE: 51 3476-1403
WHATSAPP: (51) 9314-4853