NOTÍCIAS

Saiba como higienizar e aumentar a vida útil dos apetrechos de limpeza

As ferramentas de limpeza como paninhos multiuso, baldes e rodinhos também necessitam de manutenção. A higienização desses itens faz com que a vida útil seja prolongada e ajuda a evitar doenças.

Por isso, selecionamos algumas dicas para ajudá-lo a aproveitar melhor seus apetrechos de limpeza. Confira:

Esponja de lavar louça - Embora alguns fabricantes garantam a durabilidade de até 28 dias, a esponja para lavar louças deve ser trocada a cada uma ou duas semanas, de acordo com a frequência de uso. Primeiro, porque ela se desgasta, depois, por uma questão de higiene. A esponja tende a concentrar umidade e restos de alimentos, o lugar perfeito para a proliferação de bactérias e fungos.

Após cada uso, a esponja deve ser lavada com água e detergente e, em seguida, espremida até que toda a água seja drenada. Jamais deixe a esponja molhada ou na pia, junto com água e louça suja.

Panos de prato - Os panos de prato também podem ser fontes de bactérias e fungos. Por isso, o ideal é trocá-los diariamente. Outro cuidado importante é lavá-los separadamente. Para isso, coloque os panos de molho em água, detergente e alvejante sem cloro por cerca de 30 minutos.

Rodinho de pia - Esse utensílio deve ser substituído sempre que a borracha estiver frouxa ou com saliências. A falta de limpeza forma crostas de fungos e lodo na borracha. Quando isso acontece, em vez de limpar a pia, o rodinho só ajuda a distribuir contaminação. Para solucionar o problema, lave-o após cada uso com água, detergente e uma esponja de uso exclusivo (não use a de lavar louça!). Semanalmente, higienize-o com água sanitária.

Paninho multiuso - O paninho multiuso é muito prático e serve para tirar pó, secar, dar brilho, etc.. Para evitar a contaminação não aproveite o mesmo pano em lugares diferentes: a unidade usada para limpar o banheiro deve ser utilizada só nesse cômodo, por exemplo. Dê preferência às versões com tratamento antibacteriano, que inibem a proliferação de bactérias na superfície do tecido.

Panos de limpeza - A regra número um com relação aos panos de limpeza é separá-los de acordo com o uso: higienização da cozinha, dos banheiros e do restante da casa. Tal medida é importante para evitar contaminações e garantir maior durabilidade. Também cuide para não misturar os panos de limpeza com as roupas de uso pessoal e doméstico na máquina de lavar. E lembre-se: lave-os sempre com água e sabão após o uso.

Vassouras - Para evitar contaminações, a vassoura utilizada no quintal e na calçada deve ser de uso exclusivo, jamais empregue-a em ambientes internos. Aliás, reserve os modelos de cerdas duras (piaçava, por exemplo) para as áreas externas. Dentro de casa prefira as de pelo que colocam menos poeira.

Lave a vassoura a cada duas semanas. Remova a sujeira visível (cabelos e tufos de poeira) e deposite-a no lixo. Para isso, use o aspirador de pó ou a mão protegida por luvas de borracha. Os modelos com cerdas de náilon podem ser mantidos de molho por alguns minutos em um balde com água e desinfetante. Já os de pelo podem ser deixados de molho na mistura de um litro de água e uma colher de sopa de amoníaco. Após a lavagem, deixe a vassoura secar ao ar livre com as cerdas para cima.

Aspirador de pó - Siga as instruções da fabricante para efetuar a limpeza e a troca do saco coletor. As partes externas principais podem ser limpas com pano úmido, sempre com o aspirador desconectado da tomada. Para evitar danos e aumentar a durabilidade do saco, procure não aspirar objetos perfurantes, como grampos, pregos e alfinetes.

Escovas de lavar roupa - A escova de lavar roupas não deve ser a mesma utilizada para escovar azulejos, pias, louças sanitárias e outros itens da casa. Também é interessante ter escovas com cerdas mais ou menos duras, para diferentes tipos de tecido. Para evitar a mistura, uma dica é possuir unidades de cores diferentes, uma para cada finalidade. Após esfregar as roupas, as escovas devem ser lavadas com água e sabão e postas para secar com cerdas para baixo. Para saber se é hora de substituir, fique de olho nas cerdas e no cabo.

Escova para a limpeza do vaso sanitário - Esse é um dos utensílios onde mais se escondem as bactérias. Por isso, recomenda-se, fazer uma limpeza profunda da escovinha semanalmente. Prepare uma solução de água com água sanitária e deixe a escova de molho por cerca de 30 minutos. Em seguida, coloque o utensílio para secar. A vida útil desse item depende do grau de utilização, mas quando as cerdas começarem a abrir é sinal de que é hora de substituir a ferramenta.

Baldes e bacias - De plástico, baldes e bacias costumam ser fáceis de lavar e desinfetar. Mas o recomendado é que haja ao menos um exemplar para a faxina e outro para lavar roupas. A vida útil de um balde depende da qualidade do plástico do qual ele é feito, bem como da frequência e das condições de uso. Quando bem cuidados, eles podem durar anos. Não sobrecarregar o balde e não expô-lo ao sol são duas dicas para aumentar a durabilidade. Outra recomendação é guardar o item limpo e seco.

VOLTAR PARA NOTÍCIAS

CENTRAL DE VENDAS

CONVERSE CONOSCO NO CHAT ONLINE
OU POR TELEFONE: 51 3476-1403
WHATSAPP: (51) 9314-4853