NOTÍCIAS

Suspenda a cama e ganhe mais espaço no quarto

Decorar um quarto pequeno exige jogo de cintura. Ainda mais se ele acomoda duas ou mais pessoas. Uma boa saída é optar por um beliche ou camas suspensas – que ficam ótimas sobre escrivaninhas e estantes. Navegue pela galeria e tire ideias para o seu projeto


As escrivaninhas ficam embaixo das camas suspensas, com 1,60 m de altura. Assim, há mais espaço para a circulação das crianças. Projeto da arquiteta Fernanda Lovisaro
Victor Affaro




Para compor este pequeno quarto de dois irmãos, a designer de interiores Maria Fernanda Corrêa pensou na rústica escada de madeira de eucalipto, com papel de parede e tela de proteção
Marcelo Magnani




.jpg" widthalt="Suspenda a cama e ganhe mais espaço no quarto">

O beliche, assinado pelo designer Paulo Alves, tem galhos de árvore estilizados, uma cobra verde e até um dossel em formato de folha. O quarto é de Ian, 4 anos, filho de Marcelo Rosenbaum
Lufe Gomes




O dono deste quarto dorme sozinho, mas tem um lugarzinho extra para receber os amigos. Mesa e cadeira couberam no vão ao lado da cama inferior. Projeto da arquiteta Paula Radomille
Marcelo Magnani


A solução para economizar espaço, aqui, foi utilizar um beliche. A parede de madeira e o revestimento estampado dão graça ao ambiente. Projeto da arquiteta Cinthia Liberatori
Marcelo Magnani


Fernanda Morato e Marcia Monteiro transformaram o quarto do menino de 10 anos em um parque de diversões. Para chegar ao beliche, além dos degraus ao lado da cama, há uma opção divertida: escalar a parede e atravessar a escada de aço inox pregada no teto
Marcelo Magnani


Além de ter apenas 13 m², este quarto é todo recortado. Uma missão e tanto para o arquiteto Marcelo Rosset acomodar dois irmãos. A solução para driblar o problema foi criar um nível superior no cômodo
Célia Weiss


Neste quarto, projeto da arquiteta Fabiana Avanzi, as camas ficam sobrepostas na perpendicular e correm para lados opostos em rodízios no chão e embutidos em ripados de peroba na parede
Lufe Gomes


Com a chegada da irmã, os dois meninos da casa passaram a dividir este espaço, reformulado pela arquiteta Fernanda Moreira Lima. A solução foi criar mais um nível, onde fica a segunda cama. O guarda-corpo de metal garante a segurança
Célia Weiss


Duas camas foram estrategicamente posicionadas pela arquiteta Andrea Reis. Agora sobra espaço para as duas meninas, donas do quarto, brincarem à vontade
Marcelo Magnani

Fonte: Casa e Jardim

VOLTAR PARA NOTÍCIAS

CENTRAL DE VENDAS

CONVERSE CONOSCO NO CHAT ONLINE
OU POR TELEFONE: 51 3476-1403
WHATSAPP: (51) 9314-4853